NOTÍCIAS

São Paulo vence pela 8ª vez consecutiva as Paralimpíadas Escolares em 2023

Paralimpíadas Escolares 2023, no CT Paralímpico em São Paulo

As Paralimpíadas Escolares 2023 tiveram como campeã a equipe do Estado de São Paulo, coordenada e organizada pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SEDPcD). Os paulistas fizeram 594 pontos na competição, realizada pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). Em segundo ficou Santa Catarina, com 341 pontos, e em terceiro Minas Gerais, que somou 338. Com a vitória, SP se torna octacampeão consecutivo da competição.

Com o maior número de representantes do país nas disputas, o Estado de São Paulo contou com 385 integrantes no maior evento esportivo do mundo para crianças e jovens com deficiência em idade escolar. Os alunos-atletas disputaram 13 modalidades: atletismo, badminton, basquete em cadeira de rodas, bocha, futebol de cegos, futebol PC, goalball, halterofilismo, judô, natação, tênis de mesa, tênis em cadeira de rodas e vôlei sentado.

“Nossa delegação demonstrou força e determinação, deixando mais uma marca na história das Paralímpiadas Escolares. Essa conquista reflete não apenas o talento atlético dos nossos jovens, mas também o compromisso do Estado em promover a inclusão e valorizar as capacidades de cada atleta. Parabéns a todos os envolvidos, atletas, treinadores e apoiadores, por inspirarem futuras gerações do esporte paralímpico, mostrando que não há barreiras quando se tem determinação e apoio”, comenta o Secretário de Estado das Pessoas com Deficiência, Marcos da Costa.

A classificação geral das Paralimpíadas Escolares 2023 foi definida com base na somatória das colocações de cada estado em cada uma das modalidades em disputa, seguindo o Regulamento Oficial. O estado de São Paulo é o maior vencedor do evento, tendo conquistado o primeiro lugar no pódio também nos anos de 2006, 2009, 2011, 2015, 2016, 2017, 2018, 2019, 2021 e 2022.

Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro (CTPB)
O Centro de Treinamento (CT) Paralímpico Brasileiro celebra foi inagurado em 2016 pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência. A unidade recebeu investimento de R$ 264,2 milhões em obras, sendo R$ 114,6 milhões do Governo do Estado de São Paulo e R$ 149,6 milhões do Governo Federal, através do Ministério do Esporte. O Estado de São Paulo investiu, ainda, R$ 390 milhões na aquisição do terreno para a implantação do Centro.

Com gestão do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) desde o início das atividades, o CT tem o objetivo de fomentar o paradesporto, o espaço tem instalações esportivas indoor e outdoor que servem para treinamentos, competições e intercâmbios de atletas e seleções. Por ano, são promovidos cerca de 300 eventos voltados ao movimento paralímpico, que auxiliam na difusão do esporte paralímpico no Brasil, trabalhando para a inclusão da pessoa com deficiência em nossa sociedade.

São, ao todo, 95 mil metros quadrados de área construída. Duas quadras de vôlei sentado, 1 quadra de basquete em cadeira de rodas, 1 quadra de rúgbi em cadeira de rodas, 1 quadra de goalball, 12 mesas de tênis de mesa, 2 tatames de judô, 6 áreas para halterofilismo, 4 para a esgrima, 6 canchas de bocha, centro aquático com 1 piscina olímpica e 1 semi-olímpica, 1 campo de futebol de PC, 1 campo de futebol de cegos, 2 quadras de tênis em cadeira de rodas, 1 pista de atletismo, 1 pista de atletismo indoor, academia para apoio condicionamento físico, fitness e fisioterapia, vestiários, centro administrativo, centro de medicina e ciência do esporte, zona residencial com cerca de 300 leitos, área de apoio do centro de treinamento.

O local também conta com área residencial com capacidade para 280 pessoas, refeitório, lavanderia e um setor administrativo com salas, auditórios e outros espaços de apoio. A área residencial pode ser utilizada por atletas durante a realização de eventos.

Siga o canal “Governo de São Paulo” no WhatsApp:
https://bit.ly/govspnozap

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *