NOTÍCIAS

Aluno do IFSP é selecionado para o Programa Jovens Embaixadores 2024  – IFSP

Estudante do Campus São Carlos fará intercâmbio nos Estados Unidos 

O estudante Heitor Leite de Almeida, do Campus São Carlos, no 3º ano do curso Técnico em Informática para Internet Integrado ao ensino médio, será o primeiro aluno do IFSP a participar do Programa Jovens Embaixadores (JE). O programa é uma iniciativa oficial do Departamento de Estado norte-americano e, no Brasil, é coordenado pela Embaixada e Consulados dos Estados Unidos da América e implementado pela Associação Grupo Mais Unidos. Trata-se de um intercâmbio de curta duração nos Estados Unidos para estudantes do Brasil que estão no ensino médio da rede pública e que se destacam em suas respectivas comunidades pela atitude positiva, bom desempenho acadêmico, conhecimento da língua inglesa, capacidade de liderança e espírito empreendedor.  

Heitor e outros 45 estudantes de escolas públicas brasileiras foram selecionados para o programa e farão um intercâmbio nos EUA entre os dias 20 de janeiro e 4 de fevereiro de 2024. A programação começa com uma orientação pré-partida em São Paulo, de 16 a 19 de janeiro. Ainda no dia 19, os Jovens Embaixadores embarcam para Washington, D.C., onde participarão de várias atividades, como oficinas sobre liderança e empreendedorismo, projetos de impacto social, reuniões com representantes do governo e visitas a escolas da região. Eles também farão apresentações sobre o Brasil e seus estados. Depois disso, serão hospedados por uma família voluntária e terão a oportunidade de vivenciar a cultura e o dia a dia dos americanos. Todo o programa é custeado com recursos do governo estadunidense. 

O Coordenador de Relações Internacionais do IFSP, Wagner Belo, comemorou o fato de o IFSP conseguir ter seu primeiro aluno selecionado para participar do programa. “Este resultado só foi possível porque, além do trabalho de divulgação e prospecção feito pelo setor internacional, o Campus São Carlos, na figura das servidoras Aline Franceschini (professora de Inglês) e Daniela Terenzi (coordenadora local da Arinter), também vem lapidando desde algum tempo a possibilidade de inserção de nossos alunos neste projeto”, contou. 

Heitor se disse eufórico por ter sido selecionado e afirmou que é apaixonado por idiomas e outras culturas, por isso a oportunidade que o Programa Jovens Embaixadores oferece de ir ao Estados Unidos sempre chamou a sua atenção. “Além disso, um diferencial do programa para mim foi a oportunidade que ele dá aos Jovens Embaixadores de fazer trabalhos voluntários nos Estados Unidos e, em seu término, desenvolver projetos que solucionem problemas sociais no Brasil”, contou.  

Heitor, à esquerda, junto com colegas de turma, na final da Olimpíada Nacional de História do BrasilO estudante relatou que o apoio e incentivo que recebeu dos professores fez toda a diferença para ele poder participar da seleção e ser aprovado. Ele destacou o incentivo e apoio da professora de Inglês Aline Franceschini; do professor de Artes André Corrêa, que orientou Heitor no desenvolvimento de um projeto de extensão; e do professor de Informática Lucas Oliveira, que orientou o estudante em um projeto de iniciação científica. Heitor contou que esses mestres tiveram importância fundamental, por incentivá-lo e ajudá-lo com a documentação comprobatória de que os projetos de que participa estão relacionados a causas sociais, o que permitiu sua inscrição no programa. 

Heitor será recebido por uma família anfitriã na cidade de Tulsa, município do estado americano de Oklahoma. O estudante afirmou que suas expectativas para a viagem estão muito altas.  “Estou ansioso para poder conhecer a cultura americana de perto no tempo em que eu interagir com minha host family e visitar Tulsa, em Oklahoma. Além disso, tanto em Tulsa quanto em Washington DC pretendo trabalhar ao máximo para ter discussões de valor com as pessoas que eu encontrar sobre problemas e permitir que os estadunidenses conheçam mais do potencial e da cultura que reside em nosso povo brasileiro”, relatou.  

O ano de 2023 foi o último de Heitor no Instituto, e ele afirmou que no IFSP ele se desenvolveu como estudante, profissional, cidadão e humano. “Durante os três anos em que estudei no IFSP, meus professores trouxeram à tona diversas questões e situações que me fizeram refletir e pensar de forma crítica, possibilitando a minha formação política e social como cidadão e humano. Profissionalmente, recebi todo a ajuda e incentivo de muitos de meus professores de TI, que me ensinaram tudo sobre a área profissional que pretendo seguir, que é a programação de software”, contou o Jovem Embaixador, cidadão e profissional, motivo de orgulho para o IFSP. 

Para mais informações sobre o programa Jovens Embaixadores, acesse: https://www.jovensembaixadores.org.br/ 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *