NOTÍCIAS

“Se tiver nova eleição, vou atrás do sonho de ver Roraima ser um estado diferente”, garante Teresa Surita

Teresa Surita – Foto: Rosi Martins

A ex-prefeita de Boa Vista, Teresa Surita (MDB), participou nesta quinta-feira (21), de entrevista no programa Rádio Verdade com o jornalista Bruno Perez e fez um balanço do ano de 2023 para Roraima.

“Foi um ano de me aprofundar muito mais nas situações que vivi e de esperar resultados daquilo que você quer de melhor para o nosso estado. Meu sonho é fazer de Roraima um estado próspero e vou atrás desse sonho enquanto eu viver”, frisou Teresa.

Após três anos que deixou a Prefeitura de Boa Vista, Teresa continua sendo referência para o Brasil com relação ao modelo de gestão que implantou na capital de Roraima durante seus mandatos.

“Fiquei este ano atendendo muitas demandas, porque existe um reconhecimento grande do trabalho feito em Boa Vista. Fui convidada várias vezes para palestrar em diversos lugares e instituições importantes, com o Insper, FGV e outros, principalmente em São Paulo. Também fui homenageada na Câmara Federal com a medalha da 1ª Infância, tudo pelo trabalho que fiz pelas pessoas, em especial as crianças”, destacou.

Sobre as últimas eleições estaduais, Teresa garantiu que continua em Roraima acompanhando de perto o cenário político. “Entendo que quando se perde uma eleição é momento de aceitar, refletir e avaliar. Temos que ter consciência naquilo que a gente faz, porque cada decisão minha é com muita responsabilidade. Enquanto isso, fiquei esperando a maternidade deixar de ser de lona, as escolas melhorarem, a fila de cirurgia no HGR acabar, a situação crítica do interior melhorar, mas infelizmente nada disso mudou”, criticou Teresa.

Maternidade de lona

Teresa voltou a questionar a situação da maternidade de lona em Roraima. “É uma coisa muito triste. Falo isso como mulher, mãe e pessoa que faz política. É uma coisa que toca na alma da gente. Dói ver crianças morrendo, a gente batendo recordes de partos com problemas, insegurança das mães e outros problemas naquela estrutura improvisada de lona. Estou apenas apontando um caminho errado de gestão que está sendo seguido. Não me refiro a pessoas, mas a atitudes. É dever de um governo não deixar isso acontecer. Um governador é como uma bússola, aponta um norte e todos fazem juntos com união, com um mesmo objetivo. Não dá para aceitarmos, pois são cinco anos nessa situação e ela piorando a cada dia”, completou Teresa.

“Se tiver nova eleição, vou atrás do meu sonho de ver Roraima ser um estado diferente”

O apresentador Bruno Perez questionou Teresa se seria novamente candidata, caso haja nova eleição para o governo. “O atual governador foi cassado duas vezes porque cometeu crimes. E ele sabe disso, tanto que nas entrevistas tenta se justificar. É uma página que precisa ser virada. As pessoas precisam saber o que elas querem, se um estado transparente, que faz as coisas se transformarem para melhor, ou um estado com uma maternidade de lona. É possível sim que Denarium seja cassado em Brasília, e, se a lei for mesmo respeitada e tiver novas eleições, vou atrás dos meus sonhos”, garantiu.

“Precisamos falar sobre o rumo que Roraima deve ter, uma mudança onde as pessoas tenham saúde, educação, emprego, internet, energia, oportunidade de uma vida melhor. Orçamento tem para isso, tenho certeza de que é possível fazer, mas é preciso vontade de um governo focado realmente no resultado para as pessoas, com programas sociais funcionando todos os dias e para todos. Me sinto absolutamente qualificada para cobrar esse governo, porque sei que dá para fazer”, criticou Teresa ao relembrar a capacidade financeira do Estado, algo em torno de R$ 7 bilhões.

Grandes marcas das gestões de Teresa

“Estou fora da prefeitura tá completando quase três anos. Então tenho um grande legado de transformação na vida de muitas pessoas. E legado você deixa por muitos anos e por isso posso falar porque a população sabe desse trabalho. O Parque do Rio Branco, por exemplo, conta uma história de transformação na vida de milhares de moradores de Roraima. Uma transformação social e estrutural para a capital, onde vive 70% da população do estado. Geramos empregos, indenizamos as famílias de forma justa, fortalecemos a economia, valorizamos imóveis e bairros. Foi realmente muito gratificante fazer esse trabalho. Quando você olha hoje o Parque do Rio Branco, o que era e o que virou.”, refletiu Teresa.

“Sei administrar bem o dinheiro público para as pessoas, para as famílias, as mães, o pai que precisa trabalhar, empresários.  Quando você vê a nossa cidade, com relação a drenagem, iluminação, asfalto, pontes, calçadas, escolas, postos de saúde, ou seja, as maiores obras foram feitas nesses meus mandatos, e isso mudou a realidade do estado inteiro. Meu sonho é ver Roraima crescer assim como Boa Vista”, revelou.

Fonte: Da Redação

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *