NOTÍCIAS

Maternidade Mariana Bulhões promove evento sobre saúde mental para seus profissionais

Maternidade Mariana Bulhões promove evento sobre saúde mental para seus profissionais




Nos últimos anos, a discussão sobre saúde mental tem ganhado mais evidência em diversas áreas da sociedade, e as unidades de saúde não têm sido exceção. Durante dois dias, a Maternidade Mariana Bulhões promoveu eventos para seus profissionais, abordando questões relacionadas à conscientização, bem-estar emocional e a importância em falar deste tema, que faz parte da campanha Janeiro Branco.

Na segunda-feira (29), primeiro dia das ações, a equipe do Núcleo de Educação Permanente (NEP) da Maternidade foi até os setores levando informações e dinâmicas sobre saúde mental, estimulando os funcionários a falarem sobre o tema. O encerramento das atividades aconteceu nesta terça-feira (30), data em que foi realizada uma conversa com funcionários de diversos setores, intermediada pela psicóloga Adriana Meirim. A profissional destacou a importância de prestar atenção às emoções e valorizar os sentimentos e como lidar com questões relacionadas à saúde mental dentro do ambiente de trabalho.

“A pandemia deixou um legado de falar sobre saúde mental, embora que ainda com um cunho ligado à doença. Hoje as pessoas conseguem um olhar sobre isso. Para o profissional da saúde é fundamental esse diálogo, pois lida o tempo todo com estresse, a dor do outro, que em muitos momentos pode ser a sua própria dor. Então a proposta é que cada um possa prestar atenção às suas próprias emoções”, destaca a psicóloga.

Desde setembro de 2023, a Maternidade Mariana Bulhões conta com o projeto “Acolher quem acolhe”, voltado para atender os funcionários que estão passando por algum momento de dificuldade emocional. Todas às terças-feiras são realizadas rodas de conversa com a equipe de psicologia para atender ao profissional. Estes atendimentos também são realizados individualmente, conforme necessário.

Há cerca de um mês, a enfermeira Michele Ribeiro, de 32 anos, sofreu uma perda na família. Nesta terça, ela participou do evento e se sentiu acolhida, agradecendo a atividade e a forma como estes conselhos podem ajudar os outros profissionais da saúde.

“Acima de tudo, somos profissionais e estamos aqui para dar o nosso melhor, mas também somos seres humanos, temos problemas, falhas e lutas diárias. Então esse evento é importante porque nos faz sentir queridos e acolhidos. Trabalhar aqui, para mim, ameniza um pouco essa dor, pois é como se fôssemos uma família”, completa, emocionada.

Também enfermeira, Amanda Matos, de 34, destacou a importância do evento para quem lidar com a rotina da Maternidade.

“São atendimentos de alta complexidade e alta rotatividade. Isso afeta nosso lado emocional, mas ter esse acolhimento é um diferencial, pois gera melhoria em nosso meio de trabalho e, consequentemente, para nossa saúde mental”, conta.

Durante o mês de janeiro, as ações da campanha Janeiro Branco também aconteceram para os profissionais do Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI) e de unidades de atenção primária à saúde.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *